Propriedades da gelatina animal X vegetal.

Categoria Alimentação por em 5 de março de 2014 Comentários

images 245

Gelatina é uma das sobremesas mais servidas para crianças e adultos. Devido a suposta presença de colágeno é muitas vezes indicada para quem quer emagrecer e ainda deixar pele e cabelo mais bonitos … Mas, o que é a gelatina ?

A gelatina é um produto de origem animal, feito a partir da fervura de ossos, tendões, pele, partes da cabeça e restos de animais que são mortos nos abatedouros. O mais comum é que sejam restos de bois e porcos. Esse material recebe um pré tratamento com ácido por 3 dias, depois o couro e a osseína ficam em uma solução de cal entre 5 a 10 semanas, ou seja, um alimento totalmente impróprio para o consumo humano.

A gelatina pura tem odor de carniça e precisa de uma quantidade enorme de compostos químicos para ficar com odor agradável. O processo é semelhante à fabricação da margarina, em que a pasta produzida é escura e mal cheirosa, mas passa por diversos processos para a boa apresentação final.

No rótulo de uma embalagem de gelatina tem os seguintes ingredientes: açúcar, sal, regulador de acidez, citrato de sódio, acidulante, ácido fumárico, edulcorantes artificiais, aspartame, ciclamato de sódio, acesulfame de potássio, sacarina sódica, aromatizante e corantes artificiais bordeux e amarelo crepúsculo. Ainda diz que tem fenilalanina de baixo teor energético e…gelatina

01-gelatina

Veja o que alguns desses aditivos podem fazer a saúde:

Ciclamato de sódio: em doses muito altas, foi capaz de causar tumores e problemas reprodutivos em estudos com animais. Não é vendido nos EUA. É derivado do petróleo. Hipertensos devem evitar consumi-lo em excesso.

Sacarina sódica pode acarretar doenças hepáticas e hiperatividade.

Acesulfame de potássio: o Center for Science in the Public Interest (Centro de Ciência de Interesse Público) desaconselha o uso desse adoçante, devido principalmente às alegações de especialistas em câncer sobre os testes de segurança, que poderiam conter falhas.

Edulcorantes e corantes podem provocar asma, urticária, Câncer (principalmente de esôfago, estômago, cólon, reto, mama e ovário), hiperatividade e  déficit de atenção.

É crescente o número de estudos que apontam diversas reações agudas e/ou crônicas a estes aditivos alimentares. Muitos dos sintomas são tratados como comuns no dia-dia e costumam aparecer a longo prazo. Os principais consumidores desse grupo de alimentos são as crianças, população mais suscetível a reações adversas, devido a imaturidade fisiológica.

Apesar de não ser recomendada a utilização intencional de aditivos em alimentos destinados a crianças menores de um ano, vários produtos são encontrados no mercado. Os mais consumidos são: gelatinas, iogurtes, refrigerantes, biscoitos, balas, macarrão instantâneo, salgadinhos, sucos, sorvetes, bolos, coberturas, achocolatados, entre outros.

Ou seja, é um alimento pobre em nutrientes, com muito corante, açúcar, adoçantes, aditivos químicos e não traz benefício algum.

O ideal é optar pela gelatina de origem vegetal, extraída das algas vermelhas (Gelidium sp.) o Agar Agar.

É um alimento muito saudável, possui minerais como cálcio, ferro, fósforo e 94,8% de fibras solúveis, ajuda a regular o intestino e proporciona saciedade, diminuindo a sensação de fome. Praticamente não tem calorias e ai sim ajuda a emagrecer e manter o peso de maneira saudável.

Não derrete à temperatura ambiente, mais prática para levar de lanche no trabalho ou na escola. ( Veja aqui a receita)

A agar é vendida principalmente em casas de produtos orientais, mas também pode ser encontrada em alguns supermercados e em lojas virtuais.

É uma opção ética, limpa e segura para sua família ! Agar agar